Alimentação Saudável

O que provoca uma úlcera por pressão?

Hoje falamos novamente de úlceras por pressão e damos-lhe a conhecer os fatores que contribuem para o seu desenvolvimento.

De acordo com o European Pressure Ulcer Advisory Panel e o National Pressure Ulcer Advisory Panel (EPUAP\NPUAP, 2009) uma úlcera de pressão

«é uma lesão localizada da pele e/ou tecido subjacente, normalmente sobre uma proeminência óssea, em resultado da pressão ou de uma combinação entre esta e forças de torção. Às úlceras de pressão também estão associados fatores contribuintes e de confusão, cujo papel ainda não se encontra totalmente esclarecido».

Factores que influenciam o desenvolvimento de úlceras por pressão:

Nos fatores extrínsecos, muito dependentes dos cuidados de Enfermagem, salientam-se

  • a pressão,
  • as forças de deslizamento,
  • a fricção e a humidade.

Nos fatores intrínsecos:

  • a imobilidade,
  • a incontinência,
  • a idade,
  • o estado nutricional,
  • a má perfusão/oxigenação tecidular,
  • efeitos de medicamentos e
  • as doenças crónicas.

Entre os fatores intrínsecos salienta-se ainda a importância do deficiente estado nutricional, devido à hipoalbuminémia que altera a pressão osmótica e causa a formação de edema, comprometendo a difusão de oxigénio com consequente anoxia celular. Salientam-se, ainda, as deficiências de vitaminas A, C e E, devido ao seu papel na síntese de colagénio, imunidade e integridade epitelial. A desidratação, com consequente desequilíbrio eletrolítico, predispõe o doente ao aparecimento de UP (Ferreira, Miguéns, Gouveia, & Furtado, 2007).

Já viu como o desenvolvimento de uma úlcera por pressão é provocado por tantos fatores? Na MyNurse pode encontrar um grande número de enfermeiros que o ajudam a pôr em prática um plano de prevenção e/ou tratamento destas feridas que tanto contribuem para uma diminuição da qualidade de vida. Saiba mais em www.mynurse.pt

Diabetes: o que é, sintomas e tratamento

O QUE É A DIABETES?

A diabetes é uma doença crónica caracterizada pela produção insuficiente de insulina, ou por uma incapacidade do corpo em utilizá-la.

A insulina (hormona) controla a entrada da glucose para as células do corpo e quando esta é insuficiente ou não é usada como deveria, a glicose acumula-se no sangue em vez de entrar nas células e estas não conseguem funcionar correctamente.

Existem os seguintes tipos de diabetes:

  • Diabetes Tipo 1 – também conhecida como Diabetes Insulino-Dependente é mais rara e atinge na maior parte das vezes crianças ou jovens, embora possa também aparecer em adultos e até em idosos. Neste tipo de diabetes as células do pâncreas deixam de produzir insulina pois existe uma destruição maciça destas células produtoras. As causas desta diabetes não são, ainda, plenamente conhecidas. Sabe-se, no entanto, que é o próprio sistema imunitário da pessoa com Diabetes, que ataca e destrói aquelas células.
  • Diabetes Tipo 2 – É o tipo mais comum da diabetes e é causada por um problema no metabolismo da diabetes. Verifica-se quando há um défice de insulina e resistência à insulina, o que implica a necessidade de uma maior quantidade de insulina para a mesma quantidade de glicose no sangue. À medida que o tempo passa, o organismo vai tendo maior dificuldade em compensar este desequilíbrio e os níveis de glicose sobem. Os principais factores de risco deste tipo de diabetes são
    • Obesidade
    • Sedentarismo
    • Predisposição genética
  • Diabetes Gestacional – surge em grávidas que não tinham Diabetes antes da gravidez e, habitualmente, desaparece quando esta termina.
  • Outros tipos de Diabetes – São pouco frequentes e são geralmente causados por alterações /defeitos nas células beta, alterações na acção da insulina, doenças do pâncreas, endocrinopatias diversas.

SINTOMAS DA DIABETES

Os sintomas da diabetes estão directamente relacionados com as quantidades de açúcar no sangue.

Na Hiperglicemia – quando os níveis de açúcar aumentam, os sintomas podem ser:

  • Visão turva
  • Sensação de boca seca
  • Sudação excessiva
  • Cansaço
  • Comichão por todo o corpo (com maior incidência na zona genital)
  • Sede constante e intensa
  • Apetite incontrolável
  • Urinar com muita frequência

Na Hipoglicemia – quando os níveis de açúcar diminuem, os sintomas são:

  • Tremores
  • Palidez
  • Palpitações
  • Formigueiros nos lábios e na língua
  • Dificuldade em raciocinar
  • Perda de consciência
  • Coma

TRATAMENTO DA DIABETES

A Diabetes não tem cura. O objectivo principal do tratamento é pois o controlo da glicémia.

Na Diabetes tipo 1, a administração da insulina (subcutânea) é imediatamente necessária após o diagnóstico, dado que esta hormona, essencial para a vida, tem por função fazer com que o açúcar existente no sangue seja aproveitado para dar energia.

A diabetes tipo 2, numa fase inicial pode ser controlada com alimentação saudável e equilibrada e exercício físico. No entanto, com o decorrer dos anos o organismo vai perdendo a capacidade de produzir insulina, e torna-se necessário o recurso a medicação, e eventualmente a insulinoterapia.

Uma alimentação saudável e equilibrada faz parte do tratamento das pessoas com diabetes. A redução da ingestão de gordura e sal e o aumento da ingestão de fibra, são pois essenciais.

Para além de uma alimentação saudável, o exercício físico é também essencial, não só porque

  • Melhora a saúde cardiovascular;
  • Fortalece os músculos das costas proporcionando um melhor suporte à sua coluna vertebral;
  • Ativa a circulação. O exercício dilata os vasos sanguíneos fazendo com que chegue mais sangue a todo o corpo;
  • Diminui a sua tensão arterial, que é um dos factores que mais predispõe a complicações cardiovasculares graves;
  • Ajuda na perda de peso,  o exercício físico, aliado a uma alimentação saudável, é a forma mais eficaz de perder peso;
  • Melhora o humor e a auto confiança, durante o exercício são libertadas hormonas responsáveis pela sensação de bem estar. Vai sentir-se mais bem disposto e verá a qualidade do seu sono melhorar.

Como também estimula a produção de insulina e facilita o seu transporte para as células, efectivamente quando se faz exercício o pâncreas é estimulado a produzir insulina e, por outro lado, ao exercitar os músculos, estes usam a energia, impedindo-se assim que a glicose (fonte da energia) se acumule no sangue e aumente a glicemia.

Para acompanhamento de doentes de diabetes, para análises clínicas ao domicilio, para administração de medicação, fisioterapia, ou outro tipo de apoio domiciliário relacionado com a diabetes, consulte a MyNurse

Faça as suas análises no conforto de sua casa, com a MyNurse : profissionais qualificados vão ao domicilio recolher as amostras biológicas e os resultados são-lhe enviados por e-mail com a maior brevidade possível.

Aprender a alimentar-me bem: fazer a escolha acertada dos hidratos de carbono

Todos nós queremos o melhor para a nossa saúde.

Sabemos que a maior parte das doenças e de outras condições que nos retiram qualidade de vida têm origem nas escolhas erradas que fazemos, sejam elas conscientes ou inconscientes.

A alimentação está na base da saúde e da doença

Temos a noção de que as gorduras animais são muito prejudiciais à nossa saúde. No entanto, devemos perceber que os hidratos de carbono simples, como os açúcares e todos os alimentos processados, provocam danos ainda maiores no nosso organismo.

Os hidratos de carbono são essenciais às necessidades energéticas diárias do nosso organismo, mas nem todos os hidratos de carbono são iguais e devemos aprender a fazer as escolhas mais saudáveis.

Vamos aprender a escolher os hidratos de carbono melhores para a saúde

Para percebermos como funciona a digestão dos hidratos de carbono devemos saber o que é o índice glicémico.

O índice glicêmico é um indicador da velocidade com que o açúcar presente num alimento chega à corrente sanguínea.

Desta maneira, para controlar o apetite basta comermos sempre alimentos com baixo índice glicémico nos acompanhamentos da refeição, porque mantém o sangue com um mínimo de açúcar e por isso a fome não surge tão rapidamente depois de uma refeição.

Hidratos de carbono simples

Os hidratos de carbono simples são rapidamente absorvidos e digeridos pelo nosso organismo. Isto faz com que os índices glicémicos fiquem mais altos fruto da absorção dos hidratos de carbono simples.

Os alimentos que contêm mais hidratos de carbono simples são os alimentos refinados, os processados e os alimentos “Light”. Por outras palavras, estes alimentos são manipulados e por isso são feitos à base de ingredientes artificiais como os corantes, adoçantes, emulsionantes e estabilizadores, além de serem submetidos a altas temperaturas, o que destrói os nutrientes e os minerais.

Temos o exemplo dos bolos embalados, os alimentos de longa duração, os snacks salgados, as bolachas recheadas, as massas instantâneas, o pão branco, os molhos, as massas brancas, as gomas, os refrigerantes, os sumos e tantos outros produtos que enchem as prateleiras dos supermercados e mercearias.

mynurse_carbohidratos_7Normalmente, tratam-se de alimentos que contêm muito sal, muita gordura e muito açúcar, criando, para quem os consome, a ilusão de saciedade, devido ao elevado valor calórico que contêm mas, na verdade, não têm valor nutricional.

O açúcar mais consumido no mundo é o refinado ou açúcar branco. O que acontece nos processos de refinação é que são adicionados químicos, como o enxofre, que tornam o produto branco e delicioso, mas são retirados os nutrientes tais como os sais minerais e as vitaminas.

Há estudos que provam que os açúcares criam dependência e que têm vários efeitos negativos para o nosso organismo, tais como:

  • Afecta o sistema imunitário, reduzindo as nossas defesas naturais
  • Altera o equilíbrio hormonal e enfraquece os ossos, porque interfere na absorção de cálcio e magnésio
  • Provoca um aumento rápido de adrenalina, de ansiedade, de hiperactividade, dificuldade de concentração e irritabilidade, sobretudo nas crianças
  • Provoca a perda de elasticidade e funcionalidade dos tecidos dos nossos órgãos
  • Provoca desidratação
  • Alimenta as células cancerígenas
  • Provoca o aumento de peso e obesidade
  • Provoca problemas gastrointestinais nos dentes e nas gengivas
  • Contribui para a diabetes e para as doenças cardiovasculares, como a hipertensão
  • Danifica os rins, o pâncreas e o fígado promovendo as doenças crónicas e degenerativas, entre outras.

Podemos concluir que os hidratos de carbono simples não são uma boa opção!

Hidratos de carbono complexos

A escolha mais saudável e nutritiva são os hidratos de carbono complexos, porque são digeridos lentamente pelo nosso organismo, apresentando índices glicémicos mais baixos, favoráveis à nossa saúde.

Os alimentos com o maior valor nutricional são os alimentos que se apresentam como a natureza nos oferece.

Temos vários exemplos como os cereais integrais, a aveia integral, a quinoa, o trigo, as leguminosas secas (feijão, grão, lentilhas), o arroz, a massa integral, pão integral, os vegetais e a fruta.mynurse_carbohidratos_4

A escolha de hidratos de carbono complexos na nossa alimentação torna-nos mais saudáveis.

 

 

Vinagre de cidra de maçã orgânico

O vinagre de cidra de maçã é um produto natural e um poderoso aliado da sua saúde.

Propriedades

Contém uma boa quantidade de substâncias nutritivas, como vitaminas, ácidos essenciais, enzimas e pro bióticos, pectinas, celulose e minerais; além disso, possui muito potássio e micro minerais como cálcio, magnésio, ferro, fósforo, flúor, boro e silício.

O vinagre de cidra de maçã orgânico não contém pesticidas, nem produtos químicos, é diferente de outros vinagres não orgânicos.

Ajuda a criar um ambiente alcalino ao aumentar o pH, evitando que o ácido úrico se cristalize prevenindo a formação de cálculos ou pedra nos rins.

Contém altos níveis de potássio sendo benéfico para os rins

Benefíciosvinagre-cidra-maca_musculos-e-ossos

Consumir vinagre de cidra de maçã diariamente, proporciona cálcio para os ossos e potássio para os músculos, como também estabiliza o metabolismo.

Melhora o trânsito intestinal, evitando prisão de ventre, regenera a flora intestinal, eliminando toxinas do organismo e reduz algumas dores reumáticas.

Actua directamente sobre o fígado, ajudando a metabolizar melhor as gorduras.Tem propriedades diuréticas que ajudam no processo de perda de peso e apresenta propriedades anti oxidantes, anti inflamatórias e antibióticas.

Diabetes

vinagre-cidra-maca_diabetes

Estudos indicam que a pectina, que se encontra em grandes quantidades no vinagre de cidra de maçã, ajudam a reduzir e a regular os níveis de açúcar presentes no sangue.

 

Colesterolvinagre-cidra-maca_colesterol

Estudos revelam que o consumo de vinagre de cidra de maçã promove o bom colesterol e reduz os níveis de triglicéridos, reduzindo o mau colesterol.

Tensão Arterial

O consumo de vinvinagre-cidra-maca_tensao-arterialagre de cidra de maçã reduz a probabilidade de doenças cardíacas.

Contém muito potássio que permite equilibrar os níveis de sódio no organismo e, por consequência, ajuda a equilibrar a tensão arterial.

Contém magnésio que ajuda a relaxar as paredesdos vasos sanguíneos.

 

 

Alergiasvinagre-cidra-maca_alergias

Limpa os gânglios linfáticos e ajuda a eliminar sintomas de alergias como sinusite e dores de cabeça.

pH

vnagre-cidra-maca_phPrevine alguns problemas de saúde e melhora o funcionamento do organismo em geral. Por ser um produto ácido, é excelente para limpar e regenerar o organismo, ajudando a manter um nível de pH alcalino.

Cálculos renais ou pedras nos rins

Cálculos renais são depósitos de cristais de minerais que se acumulam no rim ou no tracto urinário.

O nível de acidez elevada do vinagre de cidra de maçã ajuda a dissolver os tecidos duros que compõe as pedras ou cálculos nos rins, tornando mais fácil a sua eliminação.

Se não consumirmos água em quantidade suficiente, o organismo tende a desidratar e consumirá os líquidos dos tecidos; este processo pode gerar ácido úrico e provoca a formação de sedimentos cristalizados nos rins, por isso, é imprescindível mantermos o nosso organismo hidratado para manter os rins limpos.

Beber água em grande quantidade é muito importante para manter a urina diluída e, assim, ajudar a eliminar as pedras do rim.

O vinagre de cidra de maçã orgânico contém altos níveis de potássio, benéfico para os rins.

  • Adicione 2 colheres de sopa de vinagre em 300 ml de água, isso vai ajudar a tornar o seu organismo alcalino e ajuda a dissolver os cálculos renais.

Soluções com vinagre de cidra de maçã para ajudar a dissolver as pedras nos rins:

Método 1: Vinagre de cidra de maçã com água

  • Misture 1 colher de sopa de vinagre cidra de maçã em cerca de 250 ml de água;
  • Beba a mistura durante o dia, antes das refeições.

Método 2: Vinagre de cidra de maçã com água e mel

  • Misture uma colher de sopa de vinagre de cidra de maçã com 1 colher de chá de mel;
  • Beba a solução durante o dia;
  • Repita diariamente até notar alívio de sintomas.

Método 3: Vinagre cidra maçã com água e bicarbonato de sódio

Os cálculos renais desenvolvem-se em meios ácidos. O bicarbonato de sódio alcaliniza o organismo rapidamente.

  • Misture 1 colher de sopa de vinagre cidra maçã com 1/2 colher de café de bicarbonato de sódio, diluindo tudo num copo com água;
  • Quando a mistura deixar de ficar efervescente, beba gradualmente ao longo de 30 minutos;
  • Repita 2 vezes por dia até ficar sem sintomas;
  • Pode adicionar mel para potenciar os resultados.

Aprenda a comer Fruta

1

          

             APRENDA A COMER FRUTA!
Fruta é o mais perfeito alimento, gasta uma

quantidade mínima de energia para ser digerida e dá ao seu corpo o máximo retorno.

 

 

 

2

O único alimento que faz o seu cérebro trabalhar é a glicose.

A fruta é principalmente composta por frutose, que pode ser facilmente transformada em glicose, e cerca de 90 a 95% de água.

Isto significa que está a alimentar e a limpar ao mesmo tempo.

 

 

 

3

O único problema com as frutas é que a maioria das pessoas não sabe como comê-las de forma a permitir que o corpo use efectivamente os seus nutrientes.

Devem comer-se as frutas sempre com o ESTÔMAGO VAZIO. Porquê? A razão é que as frutas não são, em princípio, digeridas no estômago: são digeridas no intestino delgado.

 

 

 

4

As frutas passam rapidamente pelo estômago, e dali vão para o intestino, onde libertam os seus açúcares.

Se houver outros alimentos no estômago como carne, batatas ou amidos, as frutas ficam presas e começam a fermentar.

 

 

 

5

Já comeu alguma vez comeu fruta à sobremesa, depois de uma refeição e passou o resto da noite desconfortável com a sensação de indigestão?

É porque não comeu a fruta da maneira adequada.

Deve comer fruta sempre com o estômago vazio para aproveitar todas as suas propriedades.

 

 

 

6

A melhor maneira de aproveitar os nutrientes de qualquer espécie de fruta é comendo-a tal como ela é.

Em alternativa, pode fazer sumo desde que o beba na altura em que é feito.

Não deve beber sumo que esteja conservado em lata ou em recipientes de vidro porque, na maioria das vezes, o sumo é aquecido no processo em que é embalado, tornando a sua estrutura ácida.

 

 

7

Pode beber sumo de fruta feito por uma centrifugadora, em que a fruta é apenas triturada, com o estômago vazio.
O sumo é digerido tão depressa que pode comer uma refeição quinze a vinte minutos depois de o beber.

 

 

 

 

8

Vários estudos confirmam que a fruta é o melhor alimento que podemos comer que nos protege contra as doenças cardíacas.

As frutas contêm bioflavonoides, evitando que o sangue se torne espesso e obstrua as artérias.

 

 

 

 

9

Os chineses e os japoneses bebem chá quente e de preferência chá verde, durante as refeições.

Não devemos beber água ou bebidas geladas ou bebidas geladas. Devemos adoptar este hábito!

 

 

 

 

10

A ingestão de líquidos gelados durante e após as refeições solidificam as gorduras dos alimentos ingeridos, consequentemente, retardam a digestão. Os sucos gástricos são absorvidos pelo intestino mais depressa do que os alimentos sólidos que se fixam no intestino e endurecem as gorduras, fazendo com que permaneçam mais tempo no intestino.

 

 

 

 

11

Beber um chá morno depois de uma refeição tem a vantagem de facilitar a digestão e dilui as gorduras para serem expelidas pelo organismo mais rapidamente.

Assim sendo, também ajuda a emagrecer.

 

 

 

 

12

 

Coma Fruta de forma adequada e melhore a sua Saúde!

6 alimentos que melhoram o humor

6 Alimentos que Melhoram o Humor

Existem ingredientes ricos em substâncias que melhoram o nosso estado de espírito. Veja o que deve ingerir para renovar a alma.

 

 

 

Os frutos secos estão repletos de nutrientes que regulam os níveis de serotonina, como é o caso do triptofano, um aminoácido essencial que melhora o bom humor e que não é produzido pelo organismo, do selénio, do magnésio e do ácido fólico.

frutos-secos

Além de serem ricos em vitamina B6, magnésio e zinco, os cereais integrais fornecem hidratos de carbono que melhoram a absorção do triptofano e estimulam a produção de serotonina.

cereais-integrais

 

 

 

 

 

Saudáveis e nutritivos, os vegetais de folhas verdes são uma excelente fonte de ácido fólico, essencial na regulação dos níveis de serotonina.

vegetais-folha-verde

 

 

 

 

 

 

O perú é rico em triptofano, um aminoácido essencial que melhora o bom humor e que não é produzido pelo organismo.

proteina

 

 

 

 

 

Por serem ricos em ómega 3, os peixes gordos favorecem a comunicação entre os impulsos nervosos, promovendo a sensação de bem-estar.

peixes-gordos

 

 

 

 

 

A banana contém duas substâncias que auxiliam o humor. Além dos hidratos de carbono, que estimulam a produção de serotonina, também fornece vitamina B6, que aumenta os níveis de energia.

banana