Diagnóstico

Vigie a sua Gravidez | Diabetes

Diabetes Gestacional (DG) define-se como um subtipo de intolerância aos hidratos de carbono diagnosticado ou detectada pela primeira vez no decurso da gravidez.

O diagnóstico da diabetes durante a gravidez tem um impacto significativo em vários aspectos da saúde materno-infantil e na saúde futura da mulher:

  1. Redução da morbilidade materna e da morbi-mortalidade perinatal (controlo da glicemia durante a gravidez diminui as complicações maternas e a mortalidade e morbilidade perinatais)
  2. Identificação de mulheres com risco acrescido de diabetes
  3. Programação fetal intra-uterina (Alguns estudos observacionais têm evidenciado uma forte relação entre obesidade e hiperglicemia durante a gravidez e a possibilidade dos filhos virem a desenvolver obesidade e diabetes tipo 2 em fases tardias da vida. Não está provado que o tratamento da hiperglicemia materna reduza o aparecimento de alterações da tolerância à glicose nos descendentes. No entanto, trata-se de uma área de grande empenhamento científico sendo os conhecimentos actuais suficientes para o desenvolvimento de programas de vigilância e prevenção nesta população.)

É importantíssimo fazer uma vigilância da tolerância do seu organismo à glicose durante o período de gestação. Muitas são as mulheres que sentem náuseas e grande desconforto durante a realização desta prova.

Na MyNurse pode realizar o teste de tolerância à glicose na gravidez no conforto de sua casa. Não hesite em agendar online a sua PTOG em www.mynurse.pt 

Fontes: Revista Portuguesa de Diabetes (2017); DGS, Norma 007/2011

O Sistema Respiratório como mecanismo de defesa do corpo

O Sistema Respiratório tem um papel muitíssimo relevante na protecção do nosso corpo contra os agentes patogénicos. E é uma protecção com um sistema tão complexo que de certeza nunca imaginou que pudesse ser assim.

 

Nesta imagem consegue-se perceber que os cílios são prolongamentos das células que ajudam a “arrastar” os agentes patogénicos para o muco que será posteriormente eliminado através da tosse ou apenas da deglutição.

Nesta altura do ano, é muito comum apresentar tosse e expectoração e, umas das soluções mais eficazes que hoje em dia se conhece é a Cinesiterapia Respiratória (“ginástica respiratória”).

Na MyNurse encontra fisioterapeutas com muita experiência em Cinesiterapia em quem pode confiar a sua tosse.

Saiba mais em www.mynurse.pt

 

A pele como mecanismo de defesa do corpo

Todos sabemos que o nosso corpo tem estratégias de defesa, mas poucos de nós sabemos ao certo quais são esses mecanismos e qual a sua acção.

Hoje vamos abordar os mecanismos de defesa normais dos sistemas orgânicos: a pele.

Na MyNurse pode encontrar enfermeiros especializados na realização pensos em todo o tipo de feridas. Não deixe que a sua ferida seja uma porta de entrada para os agentes patogénicos. Proteja-se e conte com os profissionais que vão até sua casa prestar-lhe cuidados de saúde com qualidade.

 

Saiba mais em www.mynurse.pt

Como se transmite uma infecção?

A infeção é a invasão de um hospedeiro susceptível por agentes patogénicos, ou microorganismos, resultando em doença.

Os principais agentes infecciosos são as bactérias, os vírus, fungos e protozoários.

Ocorre doença ou infeção, apenas, quando os agentes patogénicos se multiplicam e alteram a função tecidual normal. Quando a doença infecciosa é passível de transmissão directa, de uma pessoa para outra, diz-se que é contagiosa ou então que é um doença transmissível (Jackson e Tweeten, 2000, adapt).

 

Neste Inverno a My Nurse aconselha a que esteja atento a estas formas de transmissão de doenças. Como já diz o ditado, “mais vale prevenir que remediar!” Caso seja necessário remediar, pode sempre contar com os vários profissionais qualificados para o ajudarem no processo de cura mesmo no quentinho de sua casa. Conte com a My Nurse e saiba mais em www.mynurse.pt

Fui diagnosticado. E agora? A Aceitação

Para terminar a série de posts acerca do processo de aceitação da doença, temos a última fase. A Aceitação.

Já sendo capaz de admitir que a doença existe, a pessoa procura obter informação, esforçando-se por ser autónoma. É um recomeço. Desta forma, nesta etapa, a família e os amigos são peças fundamentais na adaptação às novas rotinas.

Procurem juntos um enfermeiro que esteja presente e que vá acompanhando o processo de aprendizagem e adaptação, esclarecendo dúvidas, resolvendo pequenos problemas que podem vir a aparecer ao longo do caminho.

Não há dúvidas que, quando nos sentimos acompanhados, é muito mais fácil recomeçar. Nunca se esqueça disso. A sua saúde é preciosa, a saúde dos seus familiares e amigos é preciosa. Não perca a oportunidade de acompanhar alguém neste caminho de aceitar a doença. A sua presença pode fazer a diferença neste processo.

A aceitação da doença reflecte a vontade de enfrentar as suas implicações e para isto pode contar com profissionais diferenciados na MyNurse que pode dar todo o apoio necessário no conforto de sua casa. Saiba mais em www.mynurse.pt

 

 

 

Fui diagnosticado, e agora? Fase da Negociação

Temos vindo a deixar aqui no Blog MyNurse algumas dicas para que possa apoiar alguém que tenha recebido a notícia de uma doença. Independentemente do diagnóstico, todos passamos por um processo de adaptação à doença. As primeiras etapas já descrevemos em posts anteriores.

Depois do sentimento de raiva, entramos numa quarta etapa: a Negociação.

Nesta fase mais tardia, observam-se muitas vezes comportamentos de negociação. Por exemplo “se eu sobreviver, então prometo que vou ter mais cuidado”. Uma crença de que o diagnóstico foi um castigo e que portanto há a hipótese de negociar o desfecho daquela situação.

Nestes momentos, é importante manter o discurso de apoio baseado apenas na realidade. No que se sabe em concreto. Não vale a pena fazer projeções de futuro. Ajude a concentrar-se no presente e no dedicar toda a atenção ao que se sabe de momento.

É muito importante compreender que cada etapa não tem um período de tempo definido. Varia consoante cada caso e, além disso, a passagem entre etapas pode ser muito ténue. No entanto, conhecê-las pode ser importante para quem está apoiar a pessoa doente, contribuindo para uma maior compreensão do seu processo de aceitação interior.

Conversar com um psicólogo pode ser uma variante neste processo de aceitação que faz a diferença. Na MyNurse podemos ajudá-lo a encontrar um profissional que tenha um perfil que ajude a criar empatia com a pessoa doente. Não hesite em saber mais informações em www.mynurse.pt