bebé

Mala da Maternidade

Se está quase na hora de nascer o seu bebé, este artigo no Blog da MyNurse é mesmo para si. Fizemos uma pequena lista das coisas que pode precisar na Maternidade. Após o parto irá precisar de alguns artigos para si e para o bebé. Deixe um saco ou mala preparado em casa ou no carro, pedindo para lhe trazer após o bebé nascer.

Para si:

  • 3 pijamas
  • 1 roupão
  • 2 sutiens de amamentação
  • discos de amamentação de algodão
  • 6 cuecas de algodão descartáveis
  • 1 pacote de pensos higiénicos
  • 1 par de chinelos de quarto 1 par de chinelos de duche
  • 1 saco para roupa suja
  • 1 muda de roupa para quando sair do hospital
  • o seu necessaire com os produtos de higiene que costuma utilizar

Escolha roupas largar, confortáveis, e se estiver a planear amamentar certifique-se que a parte superior tem uma abertura frontal, para facilitar a amamentação.

Para o seu bebé:

  • 4 fatos exteriores (babygrows, vestidos/coeiros, collants e casacos)
  • 4 camisas e calças ou 4 fatos interiores
  • 4 collants/meias
  • 12 – 18 fraldas
  • 1 manta para o bebé
  • 1 gorro/touca
  • 4 fraldas de pano
  • 1 muda-fraldas
  • 1 pente de cabelo para o bebé
  • 1 lima descartável
  • 1 chucha de recém-nascido

Não se esqueça do ovo e de aprender como o instalar no carro. É muito importante transportar o seu bebé em segurança.

Conte com os Enfermeiros Especialistas da MyNurse para facilitar a chegada a casa da Maternidade. Não há nada como contar com a ajuda de quem sabe. Saiba mais em www.mynurse.pt

 

Gravidez: 40 semanas de mudanças

Ser Mãe é realmente uma decisão! As mulheres quando engravidam, começam logo por notar algumas (ainda que pequenas) alterações no seu corpo. Há quem sinta uma maior tensão mamária, que é muitas vezes confundida com um sintoma típico do síndrome pré-menstrual. Outras sofrem de um aumento da frequência urinária. De repente, a meio da noite, levantam-se para ir à casa de banho. As mulheres sofrem!

Hoje no Blog da MyNurse, falamos dos edemas que afectam a maioria das grávidas na etapa final da gravidez e deixamos aqui algumas sugestões para as senhoras que estão quase quase a ter o bebé.

Na segunda metade da gravidez é frequente os pés incharem, podendo o mesmo ocorrer nas mãos e no rosto. Nestas situações é aconselhável evitar ficar longos períodos parada de pé. Se não tiver nenhuma contra-indicação, deve fazer exercício físico.

Sempre que puder, deite-se com as pernas ligeiramente elevadas. Pode também deitar-se virada para o lado esquerdo. Pode considerar utilizar meias de compressão elástica. Se começar a sentir os dedos das mãos inchados, retire os anéis.

Nesta imagem, pode ver os vários graus do Sinal de Godet que pode vir a observar nos seus membros inferiores.

Na MyNurse encontra uma série de serviços para as grávidas mas há uns pacotes de fisioterapia de preparação para o parto que deviam ser alvo da sua atenção. Sem sair de casa, prepare o seu corpo para receber o seu bebé. Aprenda os pormenores dos esforços físicos a que será submetida na maternidade.

Conte connosco: saiba mais em www.mynurse.pt

Dar de mamar

Dar de mamar é o melhor para o bebé e para a mãe. É natural, fisiológico e reconfortante.

São muitas as causas que levam ao abandono da prática do aleitamento materno. Durante muito tempo, foi evidente o desconhecimento das vantagens de dar de mamar em comparação com o aleitamento artificial. A falta de apoio familiar, a falta de conhecimentos a nível anatómico e fisiológico, muita insegurança emocional provocada pelas alterações hormonais típicas da fase pós-parto e, muitas vezes, a pressão profissional são factores que influenciam o abandono do aleitamento materno.

Se conhece alguém que precisa de aliviar a ansiedade causada por o bebé não conseguir fazer uma boa pega, esclarecer alguma dúvida ou saber mais informações acerca de dar de mamar, se estiver com insegurança durante as mamadas, tenha sintomas de provável mastite (dor, calor, rubor) , não hesite em entrar em contacto com ajuda profissional.

Na MyNurse encontra enfermeiras que realizam visitas ao domicílio onde, a Mãe e o bebé se encontram no conforto de sua casa, num ambiente calmo e acolhedor. Nestas visitas de apoio à amamentação a Mãe e o seu bebé são o foco de atenção e, muitas vezes, um olhar exterior com sabedoria clínica pode ser suficiente para tornar a experiência do aleitamento materno mais natural e reconfortante para os dois. Não espere mais: marque a sua visita em www.mynurse.pt

Fonte: (Cordeiro, 2008)