auxiliar de ação médica

Sejam um expert a beber água!

Dia 22 de Março é o Dia Mundial da Água. Sabemos que é importante poupá-la, mas o seu consumo não deixa de ser importante para a nossa saúde e favorecimento do processo de homeostase do nosso corpo e seus sistemas. Assim na MyNurse hoje deixamos algumas estratégias para aumentar a quantidade de água que ingere durante o dia.

Medidas e estratégias a adoptar:

  1. Aposte na compra de um recipiente duradouro, tenha-o consigo no seu local de trabalho. As garrafas de plástico comuns acabam por ser mais frágeis e não vale a pena aumentar o lixo de plástico.
  2. Se não gosta de beber água ao natural, aposte em águas aromatizadas. Seleccione os aromas que mais gosta, ferva água, faça uma infusão leve e prepare jarros de véspera para que, de manhã, antes de ir para o trabalho, consiga encher a sua garrafa.
  3. A gelatina é uma opção também muito prática para as pessoas que não gostam de beber água pela sua ausência de sabor. As opções sem açúcar é a escolha mais acertada.
  4. Registe a quantidade de água que ingere diariamente. Esta dica ajudá-lo-á a aumentar a motivação para ir bebendo mais água ao longo do dia. Existem várias aplicações para smartphones que, ao longo do dia, vão dando alertas para o relembrar de beber um copo de água.
  5. Defina um ritual de ingestão de água e use-o para manter esta rotina saudável.
  6. Se é cuidador, lembre-se que a pessoa cuidada por si, precisa da sua ajuda para beber água. Muitas vezes as palhinhas são instrumentos muito úteis para ajudar na deglutição de pessoas com disfagia a líquidos. Pode também adicionar espessante em para prevenir o engasgamento.

Tem outras dicas e ideias? Partilhe connosco!

Saiba mais sobre os serviços MyNurse em www.mynurse.pt

Inatividade – as suas consequências numa pessoa acamada

 

Quando uma pessoa se encontra acamada, há muitas consequências diretas dessa alteração da mobilidade.

A inatividade provoca um aumento do tempo de contacto direto da pessoa com as superfícies de apoio (cama, almofada, cadeiras, entre outras), provocando um aumento da pressão direta não aliviada sobre os tecidos moles, forças de fricção e deslizamento, o que pode condicionar o aparecimento de úlceras de pressão.

Considera-se que a pessoa em situação de imobilidade deve ser posicionada de duas em duas horas (Timmerman, 2007). No entanto, a frequência dos posicionamentos é determinada pela mobilidade da pessoa, pela condição clínica global, pelos objetivos do tratamento e ainda pelas condições globais da pele (APTF, 2009).

Caso a condição da pessoa acamada lhe permita, é importantíssimo reforçar a necessidade levante para o cadeirão ou cadeira de rodas, pelo menos uma vez por dia. Nesta posição pode estar durante duas horas ou então até se sentir confortável, podendo sempre regressar à cama mantendo a alternância dos posicionamentos.

Deixamos aqui algumas fotografias que podem ajudá-lo a posicionar o seu familiar, no entanto, a ajuda e ensino de um profissional qualificado é sempre uma mais valia pois o cuidado é mais individualizado.

 

 

 

 

 

Na MyNurse pode contar com uma equipa de enfermeiros para ensinarem os cuidadores informais e também auxiliares de acção médica que colaboram consigo neste processo de aprendizagem para si e de prevenção de complicações ao seu familiar acamado. Saiba mais em www.mynurse.pt