Aprender a cuidar de mim: picadas de insecto

A alergia à picada de insecto, cientificamente chamada de estrófulo, gera sintomas como vermelhidão local, inchaço da área, comichão intensa e saída de um líquido fluido e transparente pelo local da picada.

As reacções provocadas após a picada, agrupam-se em dois tipos de acordo com o insecto em causa:

– Por insectos sugadores ou hematófagos (mosquitos, melgas, pulgas) que provocam reacções locais e geralmente autolimitadas.
– Por insectos que injectam veneno (vespas, abelhas e formigas), os quais podem provocar reacções graves como anafilaxia. Esta é caracterizada por queda da pressão arterial e extrema dificuldade em respirar, devido ao edema de glote. Nestes casos, a reacção é muito rápida e o indivíduo deve ser levado para o hospital o mais rápido possível, pois existe o risco de morte por asfixia.
Ao ter alergia a algum destes insectos, o indivíduo tem cerca de 60% de hipótese de ter uma reacção alérgica igual ou pior se for picado uma outra vez.

As picadas de mosquito são as mais comuns entre nós. Normalmente os mosquitos picam nos braços, pescoço, nos ombros ou em qualquer área que se encontre exposta. Fazem-no numa só área e de forma dispersa, são picadas que causam coceira e inflamam um pouco, mas passados poucos minutos o desconforto diminui. São inofensivas na maior parte dos casos, mas em outros podem transmitir doenças como a Dengue ou a Malária (em países tropicais), por isso perante sintomas como a febre, fadiga e o mal-estar geral deve ir imediatamente ao médico.

img_como_atuar_perante_uma_picada_de_inseto_1029_orig

Deve ficar atento à forma como evolui a picada de insecto. Se nota que a marca fica mais vermelha com o passar dos dias, lhe arde, pica demasiado ou está infectada, vá imediatamente ao médico. Se começar com mal-estar geral ou qualquer outro sintoma pouco habitual, deve também procurar o médico.

No caso da picada de abelha a dor é aguda quando esta acontece. A região da picada costumam ficar vermelha, arde e é desconfortável. Este tipo de picadas de insectos são delicadas devido a um grande número de pessoas alérgicas ao veneno das abelhas, se é o caso deve recorrer de imediato a ajuda médica.

Piacada-de-insetos

As picadas das pulgas e dos percevejos são muito parecidas. Estes insectos também picam em fila, fazem duas ou três marcas e continuam avançando para continuarem a chupar o sangue. Este tipo de picadas ocorre com frequência nos tornozelos e pés, embora se estivermos num sítio infestado de pulgas, estas podem ocorrer em qualquer parte do corpo. São picadas parecidas às de um mosquito um pouco maiores e que envermelhecem com muita facilidade e causam grande comichão. Deve proceder segundo orientação do seu médico ou farmacêutico.

Para o tratamento da alergia à picada de insecto, recomenda-se passar de imediato gelo no local durante dez minutos. O gelo vai promover uma vasoconstrição e diminuir a inflamação. Depois deve aplicar cremes apropriados para cada caso ou mesmo a toma de anti-histamínicos, aconselhados pelo seu médico ou farmacêutico. Deve evitar coçar a área, pois pode agravar o quadro e gerar uma infecção secundária, que só poderá tratar-se com antibiótico, após consulta médica.

Se, ao ser picado por um insecto, a área ficar cada vez mais inchada, recomenda-se ir ao médico e, se possível, com o insecto que o picou, para que este seja identificado. Isto é importante, pois, se for o caso de uma picada de abelha, por exemplo, é preciso retirar o ferrão deixado por ela para que a ferida seja curada. Recomenda-se proteger do sol o local da picada, particularmente após a aplicação de cremes com corticosteróides.

O maior número de casos de alergias a picadas, em Portugal acontece no verão, já que os insectos aparecem em maior quantidade em regiões quentes e húmidas. Lagos, campos de arroz, e poços têm uma elevada prevalência de mosquitos. Esses insectos são atraídos ou repelidos pelo odor da pele.

A prevenção ainda é a melhor opção: Ds redes mosquiteiras às roupas protectoras e repelentes de insectos. Estes repelentes existem sob a forma de bisnaga, roll-on, spray, selos e pulseiras e aparelhos electrónicos, fixos ou portáteis (a Chicco tem um aparelho próprio para quem tem bebés).

Posted on: August 8, 2016, by :

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *